VBA – introdução

Oi pessoal!

Vou começar a incluir aqui no blog alguns posts sobre VBA – Visual Basic for Applications, mas antes acho que vale a pena tentar explicar o que é e para que serve o VBA…

 

O VBA é uma ferramenta da Microsoft incorporada em todos os programas do Office, que substitui e estende as capacidades de outras linguagens de programação de Macros para aplicações, podendo ser usado para controlar quase todos os aspectos da aplicação anfitriã (por exemplo do Excel), incluindo a manipulação de aspectos da interface do usuário, tais como menus e barras de ferramentas. Além de solucionar problemas não resolvidos simplesmente com os comandos e fórmulas do Excel, ele possibilita a otimização de formulários e caixas de diálogos criados pelo usuário e a integração entre os programas do Office.

Reforçando que, como o nome sugere, o VBA só pode ser executar seus códigos de dentro da aplicação anfitriã e não como aplicação separada.

Com o VBA temos acesso completo a todos os elementos de todos os objetos de uma planilha do Excel e podemos acessar elementos externos, tais como bancos de dados do Access. Isso possibilita a criação de aplicativos personalizados que vão além das ações de Macros, envolvendo, por exemplo, os diversos objetos de um banco de dados (Tabelas, Consultas, Formulários, Relatórios, Folhas de Dados, Macros e Módulos).

Com código VBA podemos criar uma rotina para validação do dígito verificador de um registro de CPF, CNPJ ou de um campo qualquer. Podemos criar um código que percorra todas as linhas de uma planilha alterando os valores de uma ou mais colunas com base em uma ou mais condições. Conseguimos até mesmo automatizar rotinas para importação e exportação de dados e assim por diante.

Eu mesmo já criei alguns sistemas e ferramentas para planejamento e análise de orçamento nas empresas onde trabalhei, integrando arquivos do Excel com bancos de dados do Access, usando VBA. Essa é uma maneira ótima de usar o Excel apenas como front-end, deixando os arquivos menores e impossibilitando a alteração dos dados originais (que estão no Access) pelos usuários finais.

Resumindo, ao contrário do que muitos pensam, acredito que programando em VBA, além de automatizar, otimizar e ganhar tempo em suas atividades, você consegue criar planilhas inteligentes para divulgação de informações com integridade e segurança.

No próximo post, antes de iniciar com exemplos de programação, vou mostrar como acessar essa ferramenta e como gravar uma Macro simples.

Abs, Dr. E

P.S. Gostaria de pedir desculpas, mas infelizmente não estou conseguindo responder todos os e-mails com dúvidas que venho recebendo. Por isso, peço que não usem o espaço de comentários do post para enviar dúvidas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s